quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

[Dica/Análise] Qual telescópio comprar?

Qual comprar? Qual marca escolher?

Se você é iniciante ou pretende comprar um telescópio esse guia é indispensável.

Vamos responder a essas perguntas a seguir:

*1 Para que você quer um telescópio?

Essa é uma pergunta muito importante para quem vai adquirir seu primeiro telescópio. Muitos querem telescópios e não são muito exigentes, querendo observar imagens razoáveis. Outros, são mais exigentes e querem observar imagens nítidas e astros muito distantes e tênues.

Para usuários menos exigentes/iniciantes , recomendo telescópios simples (para começar). Um refrator de 60mm à 90mm já está ótimo para começar (pois se comprar um telescópio grande e avançado, poderá não saber manusea-lo e ter decepções.)

Para usuários mais exigentes/avançados, recomendo telescópios de grande abertura (150mm à 350mm), para poder observar objetos mais tênues e distantes.

2* Qual marca escolher?

Na Internet, diversas pessoas afirmam que os telescópios da marca Toya não são muito confiáveis. Eu discordo.

Isso porque eu possuo um telescópio Toya 203mm e o considero um telescópio excelente, por poder captar astros de magnitude 13 e conseguir imagens bem detalhadas.

--PONTOS POSITIVOS (TOYA)--

*Ótima ótica.

*Montagem equatorial/auto-azimutal de boa qualidade.

*Aparência belíssima.

--PONTOS NEGATIVOS (TOYA)—

*Distancia focal pequena (em alguns casos)

*Montagem difícil de manusear no hemisfério sul, pois latitudes abaixo de 30 graus fazem o contra-peso bate no tripé, sendo preciso uns “arranjos” caseiros para consertar o problema.

*Manual em inglês complexo sendo que o m português é muito simples e não explica como colimar, alinhar o telescópio, etc.

Outra marca muito boa que recomendo é a Celestron, que possui equipamentos avançados, a Orion que é uma das maiores empresas no ramo de telescópios, a Sky-Watcher que é uma das empresas mais acessíveis no Brasil e a Meade que é uma das mais famosas e melhores empresas do ramo. Outras empresas do ramo de fotografia (Kodak, por exemplo) fabricam telescópios e binóculos simples, um bom investimento para iniciantes e crianças.

3* Montagens

Existem alguns tipos de montagens de tripé que são diferentes uma da outra. Vamos analisa-las agora:

-Alto-Azimutal-

São montagens simples, que permitem o movimento de altitude (cima e baixo) e azimute (esquerda e direita). Ótimas escolha para iniciantes, por não serem complicadas de usar. São mais usadas em telescópios refratores.

-Equatorial-

Montagem mais avançada e a mais difícil de operar. Requer que seja feito o alinhamento polar para acompanhar os astros seguindo a direção de rotação da Terra. Mais recomendada para usuários intermediários e avançados.

-Dobsoniana-

Montagem simples, pois lembram muito as alto-azimutais. São usadas, diferentemente das alto-azimutais, em telescópios refletores maiores.

-Forquilha-

Praticamente é uma montagem alto-azimutal para refletores diferentes, chamados Shmidt-Cassegrain.

4* Tipos de telescópios

-Refrator-

Usa lentes para captar a luz. Normalmente são pequenos e são usadas montagens alto-azimutais.

-Refletor-

São grandes e pesados. Usam um sistema de espelhos para captar a luz. Usam montagens equatoriais ou dobsonianas.

- Shmidt-Cassegrain-

É um tipo único de telescópio. Pois combina espelhos e lentes. Usa-se montagens de forquilha, dobsoniana e raramente equatorial. Normalmente esse tipo de telescópio vem com montagem forquilha motorizada com o sistema Go-To (você digita o nome do objeto e o telescópio se vira sozinho até ele) e o de acompanhamento de Motor Clock Drive, sendo bem mais caro que os outros.

4* Alinhamento Polar

Para fazer o alinhamento polar no seu telescópio de montagem equatorial, gire o parafuso eixo de latitude do telescópio (escala de 0 à 90 graus) até a sua latitude.

Dirija o telescópio para o Sul (com a ajuda de uma bússola. Calcule 20 graus (180 graus=Sul + 20 graus = 200 graus) e vire a direita, dando um total de 200 graus. O telescópio estará alinhado com o Pólo Celeste Sul, e você poderá (manualmente ou com a ajuda de um motor chamado Motor Clock Drive seguir objetos no céu, sem ter que ficar regulando a posição do telescópio a toda hora).

Os motores são vendidos de acordo com a sua montagem: EQ1, EQ2, EQ3 EQ4 (EQ3-2), EQ5.

Um comentário:

josé Silva disse...

Meu caro, boa tarde.
Bacana seu interesse pela astronomia! Também sou fascinado por esta ciência :)
Possuo um telescópio Toya de 200 mm F/D 3.9, porém, só consegui fazer boas observações da Lua com ele, não consegui foco ainda para Planetas e aglomerados, não sei se o problema é colimação, erro de operação, ou outra coisa, hehe; o fato é que quero me desfazer dele, já que está encostado. Caso tenha interesse em adquiri-lo para tentar "colocá-lo para funcionar", a gente negocia, não quero muita coisa já que ele está encostado mesmo :). Abraços. nilsonjns@hotmail.com